All About     Blogosfera     Conversas à mesa     De fones     Faculdade     Opinião      Pé na Estrada     +

Mérida


O que mais gosto: Recordar viagens que faço! Adoro poder escrever sobre aquilo que presencio com os meus próprios olhos, muitas vezes longe das lentes da minha canon ou do meu telemóvel. Aliás, frequentemente, não capto certos momentos por opção, porque são tão únicos e tão nossos que os quero apenas no meu coração. Quero aproveitá-los como se não houvesse amanhã, sem flashes, sem tripés, sem filtros. Contudo, faço o exercício sempre do lado oposto. Não escrevo assim que chego da viagem, porque não gosto e não quero, porque me é importante perceber aquilo que verdadeiramente fixei daqueles dias. Se ao fim de umas semanas escrever sobre determinado detalhe é porque me marcou, é sinal de que ficou gravado no coração. Não acham?

Mérida foi, sem dúvida, um local que me tocou. Já lá chegámos muito depois da hora de almoço: Eram umas dezoito horas, dezassete nossas, presumo. E acredito que não podíamos ter escolhido um melhor timing para ficarmos a conhecer um bocadinho melhor os hábitos espanhóis. Tão distintos dos nossos! Não consegui, ainda agora não consigo, associar aquilo que observei a alguma cidade portuguesa. Vi ruas cheias de uma multidão bastante alegre por ser sexta-feira, como que a celebrar. Pessoas descontraídas e de bem com a vida. Vi uma cidade composta por miúdos cheios de trotinetes e bicicletas. Observei-os a aproveitarem o ar livre, felizes (mesmo, a julgar pelas gargalhadas e brincadeiras!) sem que a razão fosse fundada num aparelho electrónico. Consegui deslocar-me até à plaza mayor e deslumbrar-me ainda mais com aquele estilo de vida: Também nós acabámos por fazer tapas, não tão demoradas, com muita pena minha e do Rafael.

Além de tudo isto, tenho que destacar os monumentos romanos espalhados em cada canto da cidade! Não há imagem mais bonita do que podermos observar o peso da influência daquele período numa cidade que transborda cultura. Para amantes de museus ao ar livre e de história, recomendo, de coração, a capital da comunidade autónoma da Estremadura!

Já conheciam?

7 comentários :

  1. Lembro-me perfeitamente de ir a Sevilha e também achar os espanhóis bastante simpáticos e alegres :) Uns anos mais tarde visitei Barcelona e já achei as pessoas mais carrancudas e pouco dispostas a falar com estrangeiros, pelo que deve depender das zonas. Mas Espanha é sem dúvida um país com muito para conhecer :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não, não conheço... e tenho uma colega de trabalho de lá, portanto, nem sequer tenho desculpa =P Está nos meus planos lá ir, sem dúvida...

    ResponderEliminar
  3. Aconselharam-me esse destino, mas infelizmente para ir de transportes fica-me mesmo muito longe e caro :(
    Mas um dia hei-de visitar!

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia, mas deve ser um local lindo :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca lá fui, mas pela tua descrição, parece ser um lugar que vale a pena visitar. Lugares com ambiente de alegria tornam-se mais agradáveis.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Qualquer comentário nocivo, relativamente ao conteúdo do blogue ou à integridade dos meus leitores, será eliminado por mim. No que toca a eventuais perguntas estas serão respondidas aqui. Obrigada :)